Vereador Zezinho, “se expulso do PTB” afirma que já tem convites para outras siglas

Valdério Silva, também foi entrevistado e afirmou que o partido está sendo desrespeitado. Ele ainda defendeu a expulsão de Zezinho do Partido, o classificando como oportunista.

Compartilhe...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Print this page
Print

ARACAJU/SE – O posicionamento de apoio do vereador de Aracaju, Zezinho do Bugio (PTB), ao prefeito da capital, Edvaldo Nogueira (PC do B), tem incomodado a direção do partido que faz oposição ao chefe do executivo municipal.

Apesar de eleito por um partido de oposição, Zezinho, desde que assumiu o mandato apoia a gestão do prefeito Edvaldo Nogueira. Em entrevista ao Jornal da Fan na manhã desta quarta-feira, 7, ele declarou: “continuarei defendendo a gestão de Edvaldo porque acredito que ele tem feito um ótimo trabalho. Fui eleito pelo povo e irei atender aos interesses do povo”.

O vice-presidente municipal do PTB , Valdério Silva, também foi entrevistado e afirmou que o partido está sendo desrespeitado. Ele ainda defendeu a expulsão de Zezinho do Partido, o classificando como oportunista.

Zezinho rebateu: “Posso ser expulso por entenderem que não estou agindo de acordo com o posicionamento do partido, mas não por ser oportunista, isto eu não aceito. Caso eu seja expulso, ficarei sem partido por um período, mas logo me filiarei a outro. Tenho recebido vários convites”, afirmou.

Questionado sobre o que estaria provocando este impasse dentro do partido só agora, Zezinho foi cauteloso, mas disse que acredita ser resultado do processo eleitoral do próximo ano. ‘O deputado estadual Rodrigo Valadares, é o presidente estadual do partido e deve ser candidato a prefeito de Aracaju, isso tem provocado uma oposição muito dura dele ao Governo e à Prefeitura”, finalizou.

 

Deixe seu comentário...