[VÍDEO] Taxa de esgoto da DESO é um “roubo”, diz deputado Rodrigo Valadares

Foi debatido a ilegalidade da cobrança da taxa de esgoto da DESO, uma vez que o serviço não é entregue à população.

SERGIPE – O Deputado Estadual Rodrigo Valadares – PTB e o ex-vereador de Aracaju Danilo Segundo se reuniram com o Presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da ALESE, e uma outra reunião com a Comissão de Defesa do Consumidor da OAB, aonde foi protocolado um ofício para a suspensão da taxa de esgoto da DESO.

Segundo o Deputado Rodrigo Valadares, foi debatido a ilegalidade da cobrança da taxa de esgoto da DESO, uma vez que o serviço não é entregue à população. Estudaremos em conjunto a possibilidade de ingressarmos com uma Ação Civil Pública para acabarmos com essa ilegalidade.

Assista, abaixo, ao vídeo:

Por Eduardo Ferreira

 

6 Comments

  • Tenho um imóvel residêncial e comercial no bairro Aruana, o imóvel comercial esta fechado a meses e pago R$87,20 de taxa minima e + R$69,76 de esgoto, um absurdo sem consumir uma gota de água.

  • Possuo um imóvel residencial e comercial no bairro Aruana, o imóvel comercial esta fechado a meses e pago R$ 87,20 de taxa minima + R$ 69,76 de esgoto, um absurdo, sem consumir uma gota de água e sem gerar nenhum esgoto.

  • Esees dois senhores que se dizem representante do povo apenas estão querendo se aparecer. Desconhece a legislação que trata do Saneamento Básico e nem de longe conhece o trabalho que a Companhia d Saneamento de Sergipe faz pelo povo Sergipano. Querem apenas inflar o seu povo contra a DESO para facilitar o processo de privatização da mesma. Sabe- se lá a mando de quem!

    • Concordo plenamente contigo, existe legislação para isso, e não passa de politicagem, acho que o povo já está cheio de gente pra influenciar negativamente e ninguém pra realmente fazer política para a melhorar. Garanto que se o primo dele estivesse no governo ele não estaria abrindo a boca pra falar asneiras

  • Oportunismo. Não existe palavra melhor para definir a atuação dessas duas criaturas. Um legislador e um ex legislador, dois operadores do direito, ignorantes em relação à legislação do saneamento básico. Querem palanque, microfones e holofotes às custas de ações populistas. Vão trabalhar, que é melhor.

Deixe seu comentário...

%d blogueiros gostam disto: