XAND AVIÃO REBATE FÃS QUE O ACUSARAM DE MAUS TRATOS DE ANIMAIS: “VAMOS SER CORRETOS NA VIDA REAL”

Uma seguidora do cantor teria ficado incomodada com uma foto publicada por ele em que sua filha aparece em cima de um burro

Xand Avião deixou a alegria de lado na manhã desta terça-feira (16) para desabafar e rebater haters que o acusaram de maus tratos de animais. Tudo começou quando o cantor publicou uma foto em que sua filha aparece em cima de um burrinho. Na legenda, ele chegou a brincar: “O unicórnio cearense que você respeita”.

Logo após a publicação, alguns internautas passaram a deixar uma série de comentários negativos para o cantor, indicando que o animal estaria sendo mal tratado e que estaria sob o sol quente e sem cuidados, alimentação necessária e afins.

Chateado, Xand recorreu ao seu Instagram para desabafar e rebater os comentários dos fãs. “O mundo está ficando chato. O mundo está ficando chato. Todo mundo acha que tem o direito de entrar na rede social do outro”, disse, provocando: “Nas redes sociais todo mundo é politicamente correto, dizendo que o jumentinho estava no sol quente, carregando peso. Primeiro, aquele horário que eu estava andando com minha filha eram nove da manhã. Segundo, minha filha pesa 32 quilos”, explicou.

O cantor também quis exemplificar como os animais o ajudaram em sua infância. “Detesto que maltratem animais. Mas vou deixar um dado. Eu nasci no interior e usávamos aquele animalzinho para tudo. Para carregar carroça, que levávamos os alimentos. Para pegar água no açude, que você não sabe o que é isso”, desabafou ele. “Nós não maltratávamos os animais, nós usávamos eles para nos ajudar o nosso trabalho, a nossa alimentação, a fazer tudo. Isso vem desde o começo dos tempos. Se você não sabe, Jesus também usou o burrinho para chegar até lá com o pai dele”, disse.

Finalizando, Xand ainda fez mais uma provocação aos seguidores.”Então, gente, vamos parar de ser politicamente correto nas redes sociais e vamos ser pelo menos corretos na rede social?”.

 

Fonte: Revista Quem

Deixe seu comentário...